Em contato com a Literatura


Texto: Cleidiane Duarte
Foto: Carlos Frois / Divulgação

Dando continuidade aos trabalhos, foi à vez do poeta brasileiro Manoel de Barros.



Manoel Wenceslau Leite de Barros,mais conhecido como Manoel de Barros, nascido em Cuiabá aos 19 de dezembro de 1916 é um poeta brasileiro do século XX, pertencente, cronologicamente à Geração 45, mas formalmente ao Modernismo brasileiro.



Dessa vez, a dupla responsável foi Gabriel Campolina e Gleison. Os garotos se empenharam muito na pesquisa e trouxeram bastante informação sobre Manoel de Barros.
Uma das obras de Manoel que os meninos citaram foi: Poemas Rupestres.



Frases de Manoel de Barros que ficaram na história:

“Tudo que eu não invento é falso”.

Sou livre para o silêncio das formas e das cores”.

“Fui criado no mato e aprendi a gostar das coisinhas do chão, antes que das coisas celestiais”. 

“Onde eu não estou às palavras me acham”.



SHARE
    Blogger Comentarios
    Facebook Comentarios

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Tecnologia do Blogger.